Mostrar mensagens com a etiqueta Distrito de Coimbra. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Distrito de Coimbra. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, agosto 20, 2015

Serra da Atalhada - Moinhos de Vento



Por entre serras e vales onde corre o Mondego,



subsistem antigos moinhos de vento,



estes estão no núcleo da serra da Atalhada.



Saímos de Coimbra cedo,nosso destino era a Serra da Atalhada em Penacova, apenas apenas a 37 quilometros,



A recuperação dos moinhos é um dos grandes objectivos da autarquia de Penacova que neste momento, está em curso muitas obras de recuperação.



Estão a decorrer outras obras na Serra da Atalhada, onde os moinhos, estão a ser recuperados com o objectivo de servirem depois de alojamento, numa clara aposta no turismo rural.



Estes moinhos em outros tempos com as forças do vento serviram para moagem de cereais.



De uma beleza ímpar envolto numa magnifica região



Em breve uma nova utilidade no segmento turístico,



Logo estarão todos prontos para receber turistas...



Nesta época mais uma vez a Serra da Atalhada foi fustigada por um grande incêndio, e acreditamos que o complexo esteja fechado.



Esperamos que no futuro resolvam estas dificuldades e tudo volte a funcionar nesta magnifica região.



Dentro deste complexo existe em reforma um grande restaurante e espigueiros relembrando a época passada



Ao fundo nesta paisagem vemos a Serra da Estrela ainda coberta de neve.



na volta paramos em um excelente restaurante onde a especialidade é frango na Brasa

Em duas opções: normal ou picante: Delicioso!

Viaje, fotografe,Viva feliz!


sábado, julho 25, 2015

Vila Nova de Poiares


A nível histórico, as origens de Poiares remontam à pré-história, dados que se verificam pelos vestígios de um Dólmen (Serra de São Pedro Dias),




da influência Romana (Ponte Romana no lugar de “Murcella” – actualmente Mucela) e Muçulmana (Lendas e Topónimos de que são exemplo,



Moura Morta, a Toca da Moura ou as Mouras Encantadas). 





O Concelho nasceu em 1836, tendo sido suprimido por duas vezes e restaurado definitivamente a 13 de janeiro de 1898, data em que se comemora o Feriado Municipal, tendo posteriormente sido elevado à categoria de Vila em 1905.



Igreja Matriz de Poiares (Santo André) 




Exteriormente possuí uma torre sineira com a data de 1744 onde se encontra incrustado um bonito relógio de sol. 




No interior possuí vários altares e retábulos de grande beleza. 





Salientamos o altar principal que terá sido trazido de um templo de Lisboa, pertença do século XVII, assim como diversas peças de estatuária.





Este Templo junto com o Jardim Municipal e os Paços do Concelho criam o "coração" da Vila Sede do Concelho de Vila Nova de Poiares, o seu "Centro Histórico". 



Jardins sossegados,


Limpos,


fazem descansar  corpo e alma,


em breve, a primavera chegará e tudo será colorido...


Uma visita que vai deixar você descansado!

Fonte: Vila Nova de Poiares - Câmara Municipal

quarta-feira, maio 27, 2015

Talasnal um Recanto mágico.

Apenas 44 kms de Coimbra e estamos na  Aldeia de xisto  Talasnal,.
Localizada  na Serra de Lousã, Distrito de Coimbra.
Existem registros  desta aldeia desde o reinado de D. Afonso .
Tem um carisma excepcional, pela simplicidade e beleza de suas casas construídas com as pedras locais.

                                     A estrada nos leva à um recanto mágico escondido. 

No caminho há vários miradouros com uma vista espetacular.

Natureza verde e relaxante ...

Na entrada, uma sinalização  original

Varias informações sobre o local e indicações de trilhas a percorrer na Serra de Lousã, e conselhos para boas caminhadas.

Uma visão do local com varias casas já restauradas .

Fonte de aguá própria para consumo e conhecida como a fonte da juventude.

Características  das janelas e o xisto predominante.

Suas  ruelas estreitas dão charme e  romantismo à aldeia.

Arandelas que  a noite dão um toque especial e agradável

Hoje a Aldeia conta com apenas dois moradores fixos, mas aos fins de semana  apresenta maior movimento, entretanto é  muito visitada em todas as épocas do ano. É linda no inverno e verão.

Há  pontos de interesse: dois lagares de azeite tradicionais, movidos com a força da água.

A natureza em toda sua forma neste local mágico nos convida para voltar em diversas épocas do ano pois tudo se transforma, como pude ver.
Espero que tenham gostado deste bocadinho,vou preparando outro passeio...
Até o próximo !

Descubra a Ilha do Pico

Ilha do Pico A Ilha do Pico é a segunda maior ilha do Arquipélago dos Açores, no Atlântico Norte. Dista 8,3 quilómetros da Ilha do Faia...