Mostrar mensagens com a etiqueta Azulejos Portugueses. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Azulejos Portugueses. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, setembro 21, 2015

Porto Campanhã à Porto São Bento


 Indo de Porto Campanhã a Porto São Bento:
 Essa cidade tem origem num povoado celta, pré-romano. Na época romana designava-se Cale ou Portus Cale, sendo a origem do nome de Portugal.

O território do Porto tem uma área de 45 quilómetros quadrados e uma população de cerca de 240 mil pessoas, sendo a segunda maior aglomeração urbana do país. A cidade é conhecida como a capital do Norte e seu Centro Histórico é classificado como Património Mundial da UNESCO desde 1996.

A cidade do Porto tem um clima mediterrânico, no Inverno as temperaturas variam entre os 5 °C e os 14 °C ,raramente descendo abaixo dos 0 °C.

A cidade do Porto é conhecida como a Cidade Invicta.

Como pontos turísticos, destacam-se a Torre dos Clérigos, da autoria de Nasoni, e a Fundação de Serralves, um museu de arte contemporânea. O Centro Histórico. A Foz é outra zona altamente turística, por muitos considerada a mais bela zona da cidade, onde se pode desfrutar da beleza do Oceano Atlântico conjugada com um belíssimo e romântico passeio marítimo.

Hoje ficamos pelo centro Histórico e a A Estação Ferroviária São Bento, que é célebre pelos seus painéis de azulejos, de temática histórica. Cobrindo uma superfície de cerca de 551 metros quadrados, representam, principalmente cenas passadas no Norte do país. Foram instalados entre 1905 e 1906 pelo artista Jorge Colaço, que nessa altura se afirmava como o mais popular azulejador em Portugal.

Espero que gostem e possam ver de perto estas belezas.


Fonte wikipédia.

terça-feira, agosto 11, 2015

Coimbra, cidade do conhecimento e encantadora...


 Hoje vamos passear por Coimbra da baixa à alta e voltando ao ponto de partida, começamos em frente da Escola  Secundaria Jaime Cortesão


 onde encontramos em sua fachada lindos painéis de azulejos portugueses, lugar que  muitos passam e nem reparam em toda essa beleza.


 Os  turistas fotografam e levam de recordação à sua terra natal


 Subindo, encontramos uma homenagem para Luis de Camões,  na Avenida Sá da Bandeira


 também uma homenagem aos soldados mortos da primeira grande guerra de 1914  a 1918


 Um jardim cheio de sombra e muitas vagas para estacionar,


 Posto de informações e o emblemático Café Cartola


 Aqui da praça da República avistamos a entrada do Jardim da Sereia, outro local de descanso e lazer


Chegamos na Universidade de Coimbra, uma das mais antigas do mundo, a  data de sua fundação é de 1290


Resolvemos subir na Torre do relógio, mais conhecida como a "Cabra" pelos estudantes universitários 


Dos quatros sinos que se abrigam na Torre, o mais conhecido é o que ocupa a face voltada para o rio,


 é o maior, seu som é  mais grave e começa a tocar a partir das 7:30 da manhã, o que incomoda até os dias de hoje os  estudantes, que lhe chamam "Cabra" como forma de insulto.


 Ainda que não ultrapasse seus 34 metros de altura, uma paisagem espectacular  pode ser observada por


aqueles que se dispõem a vencer os seus 180 degraus.


 Aqui temos A Sé Velha vista do alto alto da Torre


 Pátio do Colégio


 Mosteiro de Santa Clara-a-Velha


 Rua Sofia e arredores


 Hotel Astória e Rio Mondego


 Sé Nova




 Ponte Rainha Santa, antiga Ponte Europa


Ponte Santa Clara

De volta ao Pátio


 Na Volta  passamos pelo Museu Machado de Castro, que merece uma visita mais prolongada


 Praça e Igreja Sé Velha


 Quebra Costas (Escadarias)


Escadarias


 Arco de Almedina


Porta de Barbacã



 está é a Porta de Barbacã,  as vezes confundida com  o arco de Almedina,


Rua Ferreira Borges, a principal da baixa de Coimbra


E estamos praticamente no mesmo do local onde iniciamos o  passeio. Aqui, o Jardim da Manga, monumento nacional classificado desde 1934 .
Diz a História que o nome desse jardim deriva do fato de sua planta ter sido desenhada na  manga do gibão de D.João III na altura em  que visitou o Mosteiro de Santa Cruz e achou que aquele espaço poderia ser melhor aproveitado.

Não deixe de visitar Coimbra da Alta à Baixa, tudo muito lindo!

Descubra o Distrito de Viana do Castelo

Distrito de Viana do Castelo O  distrito de Viana do Castelo é formado por 10  municípios e 208 freguesias.  Arcos de Valdevez, Ca...