segunda-feira, setembro 28, 2015

Peniche - Um capricho da Mãe Natureza



A cidade de Peniche, a mais ocidental da Europa Continental, está implantada numa península (primitivamente uma ilha), com cerca de dez quilómetros de perímetro, criada por um tômbolo.
O povoado foi construído numa área rochosa considerada por cientistas como única a nível mundial enquanto exemplo da transição do período Triássico, aquando da extinção do Jurássico Inferior. Essa área engloba a orla costeira desde a Papôa ao Cabo Carvoeiro. Essa particularidade marca inequivocamente a grande importância do património geológico de Peniche.
Tem praias extensas ao norte e ao sul da península. A praia norte prolonga-se, ultrapassando o Baleal, a uns três quilómetros, numa extensão de cerca de nove quilómetros até à Foz do Arelho. O ponto mais ocidental da Península de Peniche é o Cabo Carvoeiro.
A oeste do Cabo Carvoeiro, para lá das seis milhas, situa-se o arquipélago das Berlengas. Este arquipélago é hoje uma reserva natural onde se encontram espécies raras de flora, aves e peixes.

Vá conhecer Peniche! Eu adorei!

Fonte: Wikipédia

segunda-feira, setembro 21, 2015

Porto Campanhã à Porto São Bento


 Indo de Porto Campanhã a Porto São Bento:
 Essa cidade tem origem num povoado celta, pré-romano. Na época romana designava-se Cale ou Portus Cale, sendo a origem do nome de Portugal.

O território do Porto tem uma área de 45 quilómetros quadrados e uma população de cerca de 240 mil pessoas, sendo a segunda maior aglomeração urbana do país. A cidade é conhecida como a capital do Norte e seu Centro Histórico é classificado como Património Mundial da UNESCO desde 1996.

A cidade do Porto tem um clima mediterrânico, no Inverno as temperaturas variam entre os 5 °C e os 14 °C ,raramente descendo abaixo dos 0 °C.

A cidade do Porto é conhecida como a Cidade Invicta.

Como pontos turísticos, destacam-se a Torre dos Clérigos, da autoria de Nasoni, e a Fundação de Serralves, um museu de arte contemporânea. O Centro Histórico. A Foz é outra zona altamente turística, por muitos considerada a mais bela zona da cidade, onde se pode desfrutar da beleza do Oceano Atlântico conjugada com um belíssimo e romântico passeio marítimo.

Hoje ficamos pelo centro Histórico e a A Estação Ferroviária São Bento, que é célebre pelos seus painéis de azulejos, de temática histórica. Cobrindo uma superfície de cerca de 551 metros quadrados, representam, principalmente cenas passadas no Norte do país. Foram instalados entre 1905 e 1906 pelo artista Jorge Colaço, que nessa altura se afirmava como o mais popular azulejador em Portugal.

Espero que gostem e possam ver de perto estas belezas.


Fonte wikipédia.

sábado, setembro 12, 2015

Uma verdadeira obra-prima.



A Igreja da Válega é uma verdadeira obra-prima da arte da pintura do azulejo e, sem sombra de dúvida, uma das mais impressionantes igrejas em Portugal! Ao pôr-do-sol, a fachada da igreja, virada para poente, é particularmente bela, banhada pelos raios de sol. Um verdadeiro templo dourado que brilha com os seus fantásticos azulejos de múltiplas cores.

O patronato da igreja pertenceu a mãos privadas até ao ano de 1150.m Desde essa data até 1288 foi o Mosteiro de São Pedro de Ferreira. De 1583 a 1833 foi propriedade do Bispo e da Sé Catedral do Porto.
A Igreja da Válega encontra-se na sua localização actual desde meados do séc. XVIII.

São de destacar no interior da igreja:
intervenções do séc. XX, como por exemplo os tectos em madeiras exóticas, patrocinados por la Familia Lopes, assim como revestimentos exuberantes em azulejos, produzidos na Fábrica Aleluia de Aveiro trabalhos em mármore nas paredes interiores da capela-mor, do côro baixo e do dos ladris gerais


A Válega situa-se a 6,5 km da cidade de Ovar e merece, sem dúvida, a sua visita!


Fonte: www.visitcentrodeportugal.com.pt/pt/igreja-da-valega/

Gif, fotos e composição Sueli e Cidônio







sábado, setembro 05, 2015

Praias do Algarve - Portugal



A linha de costa do Algarve com quase 200 km providencia algumas das mais belas praias da Europa, muitas das quais com a prestigiada Bandeira Azul ou pertencentes ao Projecto Praia Acessível – Praias para Todos cujo objectivo é providenciar acesso fácil à quem tenha mobilidade reduzida.

Embora a quantidade de praias seja significativa, é essencialmente a sua qualidade e a sua variedade que maravilha quem as visita. Há praias para todos os gostos: praias de luxo equipadas com todo o tipo de comodidade imaginável; longas extensões de dunas de areia para os que gostam de tomar banhos de sol; praias onde as falésias formam grutas e piscinas naturais que providenciam uma oportunidade de descoberta; praias agrestes e selvagens que oferecem isolamento e um contacto mais próximo com a natureza; praias animadas onde há muita socialização; praias naturistas, praias equipadas para pessoas com mobilidade reduzida e até praias fluviais.

Eu fiquei apaixonada e já voltei uma vez !!!

Apaixone-se você também!

Fonte: http://www.portugal-live.com
          google.com/+MaisPortugal1

Gift: composição Cidônio Rinaldi

Descubra a Ilha do Pico

Ilha do Pico A Ilha do Pico é a segunda maior ilha do Arquipélago dos Açores, no Atlântico Norte. Dista 8,3 quilómetros da Ilha do Faia...